Resumen


Imagen de portada

La investigación se realizó en rodales de un bosque de P. cubensis perteneciente a la Unidad Empresarial de Base Silvícola de Yateras, EFI Guantánamo, con el objetivo de cuantificar las especies de hongos ectomicorrízicos en un bosque natural de P. cubensis, luego de la aplicación de quemas prescritas. Para determinar los efectos de éste sobre la diversidad de especies de hongos ectomicorrízicos, se levantaron 4 parcelas rectangulares de 5 X 150m. A partir de esos análisis, se obtuvieron los siguientes resultados: a partir de los 15 días empezaron a aflorar carpóforos de las especies de Suillus sp. yAmanita muscaria, a los 60 días se encontraron todas las especies muestreadas antes de aplicar las quemas (Boletussp; Suillus brevipes (Peck) Kuntze; Suillus decipiens (Berk. y M.A. Curtis) Kuntze; Suillussp; Amanita muscaria subsp. americana (Lange) Singer; Lactarius semisanguifluus R. Heim y Leclair; Scleroderma stellatum Berk)y Pisolithus arhizus (Scop.) Rauschert, que no se encontró antes de las quemas, estos resultados indican que el uso de quemas prescritas de media intensidad no afecta la dinámica de los hongos ectomicorrízicos.


Autores/as

Francisco Duran Manual

Universidad de Guantánamo, Facultad Agroforestal
Cuba

Doctor en Ciencias Forestales, Ingeniero Forestal

Referencias


  • ANTONIN, V. y NOORDELOOS, M. E. A monograph of marasmioid and collybioid fungi in Europe. IHW-Verlag: Eching, Germany, 2010.

  • ARRILLAGA, P., ITURRIOTZ, J. I. y LEKUONA, J. M. Setas del País Vasco. Del campo a la cocina. Aranzadi Spain: Ed. Fundación Kutxa. Soc. Cienc, Aranzadi Spain, 2000.

  • BATISTA, C. Incêndio Florestal. Recife: Universidade Federal Rural de Pernambuco, 1990.

  • BONET, J. A., FISCHER, C. R. y COLINAS, C. The relationship between forest age and aspect on the production of sporocarps of ectomycorrhizal fungi in Pinussylvestris forests on central Pyrenees. Forest ecology and management, 2004, 203(1), 157-175.

  • BUSCARDO, E. et al. Comunidades de hongos ectomicorrícicos en ambientes propensos al fuego: compañeros esenciales para el reestablecimiento de pinares mediterráneos. Ecosistemas, 2009, 18(2), 55-63.

  • BYRAM, M. Combution of forest fuel is Dvid, K.P. forest fire- controlahause and Use. New York: McGrau Hill, 1959. p 77-84.

  • CAMINO VILARÓ, M.; MENA PORTALES, J. y MINTER, D.W. (2006). Hongos de Cuba. [en línea]. [Consultado 11 febrero 2017]. Disponible en:

  • CLARIDGE, A.W., TRAPPE, J. M. y HANSEN, K. Do fungi have a role as soil stabilizers and remediators after forest fire. Forest ecology and management, 2009, 257, 1063–1069.

  • DE RONDE, C. et al. Prescribed fire in industrial plantations. In: Goldammer, J.G. Fire in the Tropical Biota- Ecosystem and global Challenges. Berlin: Springer-Verlag, (EcologicalStudies, Vol. 84). pp. 216-272.

  • DURÁN, F.et al. Influencia de quema prescrita en especies de hongos ectomicorrizicos en bosque natural de Pinus cubensis Grisib. Hombre ciencia y tecnología, 2014, 70, ISSN: 1028-0871.

  • DURÁN, F.; MARTÍNEZ, L. Y PÉREZ, E. Influencia de quema en retroceso sobre indicadores forestales y poblaciones microbianas del suelo en bosque natural de Pinus cubensis Grisib. Hombre ciencia y tecnología, 2014,69, ISSN: 1028-0871.

  • FLORES, J. Y BENAVIDES, J. Quemas controladas como una herramienta alternativa en el manejo forestal integral. In: Flores, J. Impacto ambiental de incendios forestales. (ed). Mundi Prensa México, S. A. de C. V. 2009. pp 317- 325.

  • HERRY, A. et al. Bootstrapping in ecosystems. Bioscience, 1989, 39,230-237.

  • MARTÍNEZ, F., ORIA DE RUEDA, J. y ÁGREDA T. Manual para la gestión del recurso micológico forestal en Castilla y León 46. 2011. 451p. ISBN: 978-84-615-3138-7.

  • MOLINA, R., MASSICOTE, H. y TRAPPE, J. M. Specificity Phenomena in mycorrhizal simbioses: community-ecological concequences and practical implications. In: Allen, M.F. (ed.). Mycorrizal functioning an integrative plant- fungal process. Chapman and Hall, New York. 1992. pp. 357-423.

  • NÁJERA, A. Curso internacional de protección contra incendios forestales. Universidad Autónoma Agraria Antonio Narro, 2000.

  • PÉREZ, E. et al. Determinación de la influencia de las quemas prescritas en bosques de Pinus cubensis Griseb cuando son aplicadas para la restauración ecológica. III Simposio Internacional de Restauración Ecológica. Santa Clara, Cuba, 2010. ISBN: 978- 959-250-600-8.

  • PÉREZ, E. Efectos de las quemas prescritas en la regeneración natural de la especie Pinus cubensis Griseb. Tesis presentada en opción al Grado Científico de Dr. en Ciencias Forestales. Universidad de Pinar del Río Hermanos Saíz Montes de Oca, 2012

  • RAMOS, M. Manejo del fuego. Editorial Félix Varela, La Habana, Cuba, 2010.

  • RODRÍGUEZ, F. Y MOLINA, J. Manual técnico para la modelización de la combustibilidad asociada a los ecosistemas forestales mediterráneos. España: Laboratorio de Defensa Contra Incendios Forestales, 2010.

  • SMITH, S. E. y READ, D. J. Mycorrhizal simbiosis. New York: Academic Press, 1997.

  • SMITH, S. E. y READ, D.J. Mycorrhizal symbiosis, 3rd edn. Academic, Amsterdam Taylor AFS, Alexander I (2005) The ectomycorrhizal symbiosis: life in the real world. Mycologist, 2012, 19, 102–112

  • The Nature Conservancy. Introducción a quemas prescritas para áreas naturales protegidas. Belice: Iniciativa Global para el Manejo del Fuego, 2005.

  • URRUTIA, I. et al. Influencia de quemas prescritas sobre algunos procesos hidrológicos en una de las subcuencas hidrográficas del Río San Diego en Galalón, Pinar del Río, en: Memoria del VI SIMFOR. Pinar de Río, 2010. ISBN: 978-759-16-1192-5.

  • URRUTIA, H. I. Quemas prescritas: influencia en el comportamiento de los indicadores hidrológicos en la sub cuenca hidrográfica número uno, asociada al río San Diego, Galalón. Tesis presentada en opción al Grado Científico de Dr. en Ciencias Forestales. Universidad de Pinar del Río Hermanos Saíz Montes de Oca, 2012.

  • VÉLEZ, R. El fuego en los ecosistemas forestales del mundo. La defensa contra incendios forestales. Madrid: Editorial Mc Graw Hill, 2000.


Texto completo:

HTML

PDF

Palabras clave

Quemas prescritas; comportamiento del fuego; hongos ectomicorrízicos.  

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.

Comentarios sobre este artículo

  • Emagrecer com Quitoplan

    Redução a aperta-papéis bem-sucedida envolve fazer pequenas mudanças que você pode acometer dentro de certo prolongado tempo. Isso significa estar melhor conforme à realidade ativo em sua cotidiano féria. Os adultos precisam conquistar no mínimo 150 minutos com Quitoplan afazer física – como alastrar-se ou achar-se com bicicleta apressadamente – todas as semanas, e também aqueles que estão com sobrepeso com certeza precisarão em grau superior que isso destinado a perder calorias.

    O metabolismo bosqueja todo mundo os processos químicos que continuam continuamente no interior do organismo para mantê-lo acalorado e também seus órgãos funcionando comumente, que nem aspirar, abrigar-se células e também compreender alimentos. Estes processos necessitam de energia e também Quitoplan a quantidade com disposição básica que varia entre os pessoas, dependendo de elementos como o massa do organismo, anos, erotismo e também genes.

    Você também pode estar perdendo nutrientes fundamentais e também seu organismo terá abjeto índice de Quitoplan força, e pode realizar com que você anseie por comidas grandes em obesidade bem como alto assunto de doçura. Isso pode talvez provocar a consumir os mantimento com mais calorias do que você necessita, causando recebido de peso.

    A fim de perder calorias, você necessita abespinhar-se melhor calorias do que você consome. Isso pode talvez ser adquirido consumindo menos, movendo Quitoplan melhor ou, mais adequado a essencial, uma fusão de os dois. Pode parecer que os alimentos mais saudáveis são em grau superior caros do que suas opção menos saudáveis. Entretanto, se você experimentar cambiar ingredientes com alternadas mais saudáveis, você certamente acaba abalroar que as suas refeições custam menos.

    Nem sequer todo mundo os comprimidos de emagrecimento curado eficazes por outra forma Quitoplan seguros a usar para perder calorias. Existem também demais não-prescritos, produtos a redução de peso nem afastamento disponíveis no mercado, que conseguem abranger ingredientes que curado prejudiciais à resistência. Se estiver absorto com o teu peso, consulte o lhe doutor ou outro especialista a resistência. Quitoplan

    Agitar-se refeições nunca é qualquer agradável visão. A fim de perder peso e mantê-lo, você deve abrandar a quantidade a calorias que você consome bem como reforçar as calorias que você abrasar por meio do atividade. Porém deixar refeições totalmente pode Quitoplan acabar no canseira e pode consistir que você perca os nutrientes necessários. Você inclusive achar-se-á melhor propensos a comida no comidas grandes dentro de gordura e também exagerado conteúdo de açúcar, o que aguentaria advir dentro de recebido com halter.

    Tenha preocupação. Alimentos rotulados que nem “abaixado espécie a gordura” podem abarcar jamais melhor do que qualquer quantidade distinta com obesidade a fim de acionar legalmente essa chavão. Se Quitoplan comida é rotulado tal como “baixo conteúdo a excesso de peso” ou “obesidade reduzida”, ele despesa abrigar pouco excesso de peso do que a atoarda a obesidade amplo, porém assim mesmo não involuntariamente torná-lo qualquer alternativa saudável.

    Alega-se que certos comidas e bebidas podem reforçar o seu metabolismo, ajudando o organismo a abespinhar-se mais calorias bem como colaborar a redução com aperta-papéis. Existem acanhada axioma científica destinado a assim mesmo. Tenha preocupação que poucos desses produtos conseguem abarcar altos graus de Quitoplan cafeína bem como doçura. Para perder peso você necessita abespinhar-se melhor calorias do que você consome.


    por Jamile Pereira (2017-11-22)
  • Emagrecer de verdade

    Redução a aperta-papéis bem-sucedida envolve fazer pequenas mudanças que você pode acometer dentro de certo prolongado tempo. Isso significa estar melhor conforme à realidade ativo em sua cotidiano féria. Os adultos precisam conquistar no mínimo 150 minutos com Quitoplan afazer física – como alastrar-se ou achar-se com bicicleta apressadamente – todas as semanas, e também aqueles que estão com sobrepeso com certeza precisarão em grau superior que isso destinado a perder calorias. 

    O metabolismo bosqueja todo mundo os processos químicos que continuam continuamente no interior do organismo para mantê-lo acalorado e também seus órgãos funcionando comumente, que nem aspirar, abrigar-se células e também compreender alimentos. Estes processos necessitam de energia e também Quitoplan a quantidade com disposição básica que varia entre os pessoas, dependendo de elementos como o massa do organismo, anos, erotismo e também genes. 

    Você também pode estar perdendo nutrientes fundamentais e também seu organismo terá abjeto índice de Quitoplan força, e pode realizar com que você anseie por comidas grandes em obesidade bem como alto assunto de doçura. Isso pode talvez provocar a consumir os mantimento com mais calorias do que você necessita, causando recebido de peso. 

    A fim de perder calorias, você necessita abespinhar-se melhor calorias do que você consome. Isso pode talvez ser adquirido consumindo menos, movendo Quitoplan melhor ou, mais adequado a essencial, uma fusão de os dois. Pode parecer que os alimentos mais saudáveis são em grau superior caros do que suas opção menos saudáveis. Entretanto, se você experimentar cambiar ingredientes com alternadas mais saudáveis, você certamente acaba abalroar que as suas refeições custam menos. 

    Nem sequer todo mundo os comprimidos de emagrecimento curado eficazes por outra forma Quitoplan seguros a usar para perder calorias. Existem também demais não-prescritos, produtos a redução de peso nem afastamento disponíveis no mercado, que conseguem abranger ingredientes que curado prejudiciais à resistência. Se estiver absorto com o teu peso, consulte o lhe doutor ou outro especialista a resistência.


    por quito plan (2017-12-25)
Ver todos los comentarios


Copyright (c) 2017 Francisco Duran Manual

Licencia de Creative Commons
Este obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento 4.0 Internacional. Copyright (c) 2017 Francisco Duran Manual


UPR

©2017 Universidad de Pinar del Río "Hermanos Saíz Montes de Oca"